Festival Rio Cello: evento gratuito acontecerá no mês de agosto

O Rio International Cello Encounter, maior festival de ­música do país, acontece de 6 a 13  de agosto

Na primeira quinzena de agosto o Rio de Janeiro se tornará, pela vigésima terceira vez, a capital mundial da música. A cidade recebe o 23º Rio International Cello Encounter, o Rio Cello, festival internacional que há mais de duas décadas promove concertos de expoentes nacionais e internacionais da música, dança e artes visuais.

Idealizado e capitaneado pelo violoncelista inglês David Chew, desde a sua primeira edição, em 1994, o Rio Cello traz em sua programação concertos, espetáculos de dança, exposições de arte, masterclasses e workshops. Tudo inteiramente gratuito. O sonho de Chew, radicado e apaixonado pelo Brasil há 35 anos, é popularizar a música clássica, além, é claro, de homenagear o maestro Villa-Lobos, sua maior inspiração. “Nossa intenção é levar o poder de transformação social da música a espaços públicos e comunidades. No início, era um encontro de violoncelistas, mas o projeto cresceu e hoje recebe diversos instrumentos e múltiplas linguagens artísticas. Desta forma o festival alcança seu principal objetivo que é incluir a música na vida diária de todas as pessoas”, declara o músico.

Teatros, centros culturais, igrejas, museus e parques são os palcos preferencias do Rio Cello. Em 23 anos o festival bateu todos os recordes de público em eventos de música clássica no Brasil. Os números são impressionantes: 550 mil espectadores, 12 mil músicos, 980 concertos, 650 horas de workshops e masterclasses. Ao longo de sua extensa trajetória o Rio Cello consolidou-se como uma grande plataforma multicultural no qual música, dança e artes plásticas integram um evento de grande sofisticação artística e responsabilidade social. Este ano o festival vai homenagear os 130 anos de Heitor Villa Lobos, 120 anos de Pixinguinha, os 115 anos de  Bidu Sayão e os 90 anos de Tom Jobim. Entre as principais atrações estão: Armen Ksajikian, Angelica de la Riva, Dave Haughey, Jaime Alem, Haroutune Bedelian,  Mauro Senise, Michael Vollhardt, Mateus Ceccato, Victor Biglione e as orquetras Orquestra Jovem de Câmara do Equador, dirigida pelo maestro e violoncelista Diego Carneiro e Orquestra de Violoncelos de Volta Redonda, sob a batuta da maestrina Sarah Higino. Também acontecerá pela primeira vez o encontro dos dois quartetos dos quais David Chew participa: o London Music Club Piano – formado em Londres nos anos 1970 e o Lindarte do Rio de Janeiro. O Cello Dance em 11ª edição terá apresentações no BNDES e na Cidade das Artes e o artista Airá Ocrespo será o convidado do 6º Cello Tinta. Além das  tradicionais masterclasses gratuitas do Rio Cello, este ano acontece, ainda, o lançamento do DVD Chew Faces e a palestra sobre viola de gamba, instrumento do século XV, análogo ao violoncelo.

Serviço:

Festival Rio de Cello
Data: 06/08 a 13/08
Local: Diferentes lugares do Rio de Janeiro, confira na programação no site oficial Rio Cello.
Quanto custa: Evento gratuito

Share this post

No comments

Add yours