Além dos desfiles do Bloco, cantora agita o Carnaval este ano com Baile, Feijoada e Shows em diversos camarotes

Comemorando 10 anos de carnaval no Rio de Janeiro, onde desfila dia 24 de fevereiro, e em seu terceiro ano em Salvador, que acontece em 5 de março, o Bloco da Preta, considerado um dos mais famosos e badalados do país, chega este ano também a São Paulo, onde promete, pela primeira vez, no dia 10 de março, arrastar uma multidão no primeiro final de semana pós-carnaval.

Além dos desfiles no Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo, a cantora se prepara para uma maratona na folia, que inclui apresentações em camarotes no Sambódromo carioca, o Baile do Bloco da Preta, no Clube Monte Líbano, que este ano será uma grande festa para comemorar os 10 anos do Bloco, e a já tradicional Feijoada da Preta, ambos no Rio de Janeiro.

Confira a última edição do Bloco da Preta, em 2018, que levou mais de meio milhão para as ruas do Rio de Janeiro:

No dia 24 de fevereiro, final de semana antes do início oficial da folia, Preta ocupa o Centro do Rio de Janeiro com seu Bloco, que este ano terá como tema “Festa”, em comemoração aos 10 anos de desfile. Considerado o bloco da diversidade, tanto pela mistura de ritmos e estilos musicais como por seu público, que tem foliões de todas as classes, credos, cores e opiniões, o Bloco desfilará na Rua Primeiro de Março. Entre musos e convidados, Preta contará com a presença de nomes como Carolina Dieckman, Fernanda Paes Leme, David Brasil, Fernando Torquatto, Thaynara OG e Gominho, entre outros convidados surpresa. Durante o desfile, a cantora irá gravar seu novo clipe, da canção “Penta”,  do primo Moreno Veloso, que escreveu a canção em homenagem ao aniversário de 10 anos.

“Fiz questão de gravar um clipe com o público do Bloco, será o vídeo com maior quantidade de participantes da história. Meu primo querido me presenteou com a música que ainda conta com a guitarra genial de Davi Moraes, que estava na minha banda quando decidi me tornar cantora. Espero todo mundo lá nessa celebração dos 10 anos de Bloco!”,  comenta a cantora.

No dia 05 de março, já durante a folia, o Bloco da Preta / 2222 sai em Salvador no Circuito Barra Ondina. E em 10 de março, primeiro final de semana pós-carnaval, o Bloco da Preta estreia na capital paulista, a partir das 13 horas. Preta e a corte, formada por nomes como Marina Morena, Walério Araújo, Ju de Paulla, Cris Naumovs e Patricia Ditolvo, estarão no Obelisco do Ibirapuera.

Carnaval de Preta tem ainda Camarotes, Baile e Feijoada

A cantora é também presença garantida como atração em diversos camarotes da Avenida Marquês de Sapucaí, o Sambódromo do Rio de Janeiro. No dia 01º de março, dia do desfile das escolas de samba do Grupo A, Preta será a atração do Camarote “Rio Praia”. No fim de semana onde as escolas do grupo especial cruzam a avenida, ela estará no dia 03 de março no camarote “Rio 2019” e será a Musa do camarote de Carol Sampaio, o “Nosso Camarote”, no dia 4 de março.

No sábado de carnaval, 02 de março, Preta realiza no Clube Monte Líbano o Baile do Bloco da Preta, já considerado um dos mais tradicionais do carnaval do Rio, sempre um dos mais disputados eventos da folia na cidade. E no dia 09 de março, sábado do desfile das campeãs, a cantora comanda outro evento que já se tornou referência na capital carioca, a tradicional Feijoada da Preta, festa para convidados que recebe atores, músicos, modelos e membros da sociedade de todo o país.

Preta Gil nasceu no Rio de Janeiro e, com um ano de idade, mudou-se para Salvador. Sempre interessada por música, lançou seu primeiro disco, intitulado Prêt-à Porter, em 2003. O segundo álbum, Preta, foi lançado em setembro de 2005. Em 2010, Preta lançou Noite Preta ao Vivo, que atingiu certificado de ouro em CD e DVD, chegando ao topo das paradas em todo o país. Sou Como Sou, de 2012, também recebeu disco de ouro e emplacou as primeiras posições das paradas em todo o país. Em 2014, lançou o CD e DVD ao vivo Bloco da Preta. No ano de 2017, em comemoração aos seus 15 anos de carreira, Preta Gil lançou o sexto álbum de estúdio, Todas as Cores, com participações especiais de Gal Costa, Marília Mendonça, Pabllo Vittar e Ana Carolina.

A irreverência e o talento multi-facetado de Preta Gil conquistaram o público e levaram a artista a se aventurar em diversas áreas. Além de turnês nacionais, cinco discos e dois DVD, Preta também participou de novelas, programas e minisséries desde 2003, como “Ó Pai Ó”, “Caminho das Índias”, “As Cariocas”, “Ti Ti Ti” e “Cheias de Charme”. Atuou como apresentadora nos programas “Caixa Preta”, na Bandeirantes, e “Vai e Vem”, no canal GNT, onde também apresentou seis episódios de “Super Bonita” e fez parte do elenco fixo do programa “Esquenta”, com Regina Casé, na Rede Globo. No teatro, foi protagonista do musical “Um Homem Chamado Lee”, com músicas da cantora Rita Lee.

Há dez anos comanda o Bloco da Preta, hoje um dos três maiores do Rio de Janeiro e já considerado uma tradição do Carnaval carioca. O sucesso do bloco, que atrai em seus desfiles uma multidão de mais de meio milhão de pessoas a cada ano, transformou Preta em uma figura obrigatória na agenda da maior festa popular do Rio – além do desfile do bloco, a cantora comanda uma série de festas e eventos pré-carnavalescos, sempre lotados e disputados. Sua agenda ainda a leva para animar festas pré e pós-carnaval em outras cidades do país.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here